HDD vs. SSD — Vale a pena um HDD em 2021?

Globaldata Staff 8. abril, 2021 - 4 min read

Hoje em dia, não há muitos computadores que ainda venham com um HDD instalado. Os SSD são mais rápidos e têm preços cada vez menores — sem um SSD é difícil aproveitar ao máximo do computador, o que faz com que os velhinhos discos rígidos sejam progressivamente esquecidos.

Os HDD são maiores do que os SSD e têm o mesmo armazenamento por um preço inferior
Os HDD apresentam a melhor relação capacidade/preço.

Mas será que isto significa que os HDD estão obsoletos, ou ainda existem razões para ter um HDD em 2021?

Vamos descobrir…

HDD vs SSD — Uma questão de tamanho

A função de um HDD ou de um SSD é igual: guardar dados. É, portanto, normal que se queira um disco com espaço suficiente para os nossos ficheiros, sejam eles documentos de texto, fotografias ou jogos.

No que toca a espaço, ambos os tipos de disco estão disponíveis em capacidades semelhantes. No entanto, os preços não são idênticos para um disco SSD ou HDD — em preço por gigabyte, os HDD têm um custo muito inferior.

Caso seja uma questão estritamente de armazenamento, onde a velocidade não é importante, os HDD vão ser sempre mais baratos. Em discos com armazenamento relativamente pequeno a diferença entre os dois tipos de disco pode não ser tão díspar (podem encontrar-se discos de 500GB com cerca de 20 euros de diferença entre os dois tipos), mas à medida que a capacidade aumenta, a diferença de preço também se torna maior.

Um HDD de 1TB pode ter um preço até três vezes menor do que um SSD com a mesma capacidade. Em capacidades mais elevadas, a diferença de preço anda entre as quatro e as cinco vezes.

Para tarefas estritamente de armazenamento, não há dúvidas: um HDD é a melhor opção.

HDD vs. SSD — Qual o mais rápido?

Em termos de velocidade, não há grandes vantagens para os velhinhos discos mecânicos. Os SSD são superiores quer em velocidades de escrita, quer em velocidades de leitura.

Existem diferentes tipos de SSD, ao contrário dos HDD.
Os SSD vêm em diferentes formatos, como 2,5″ ou M2.

Há uma grande diferença de velocidade de inicialização do sistema operativo ao trocar de um HDD para um SSD. Mas os SSD são mais rápidos também noutras coisas: no loading de jogos e na procura de ficheiros a diferença de velocidade entre os dois tipos de disco é notável.

Por exemplo, um HDD rápido pode ter apenas 125MB/s de velocidade de leitura, enquanto que um SSD médio tem uma velocidade de leitura quase quatro vezes superior — 525MB/s. A diferença ainda é maior quando consideramos os SSDs de gama mais alta. Um NVMe M2 Samsung 980 PRO pode ser até 40 vezes mais rápido do que o nosso HDD fictício, chegando aos 5100MB/s de velocidade de leitura.

Na questão da velocidade, não há sequer debate — os SSD são muito mais rápidos do que os HDD.

Qual o melhor disco para jogos?

Os discos mecânicos são melhores em armazenamento, enquanto que os SSD são mais rápidos em escrita e em leitura. Mas, na prática, o que é que isto significa se o interesse forem os jogos?

Agora, os jogos podem chegar a tamanhos que há alguns anos eram impensáveis. A instalação do Call of Duty Warzone, por exemplo, pode chegar aos 200GB. Ainda que isto possa parecer um argumento claro a favor dos HDD, a velocidade de leitura também tem de ser tida em consideração.

Para além dos tempos de carregamento serem significativamente menores com um SSD, este tipo de disco pode também levar a menos quebras de FPS. Um SSD não aumenta necessariamente os FPS obtidos num determinado jogo, mas reduz possíveis quebras, que podem acontecer quando o jogo precisa de carregar elementos do jogo rapidamente, como é o caso de algumas texturas ou objetos.

Em jogos mais antigos ou em que o tempo de carregamento não é importante, um HDD acaba por ser uma boa escolha. No entanto, para jogos recentes, onde a velocidade também importa, um SSD é sem dúvida a melhor opção — mesmo que possa ser necessário um SSD inteiro para um único jogo.

Close-up de um SSD M2 - estes discos são muito mais pequenos do que um HDD.
O Corsair MP510 é um excelente SSD NVMe.

Os SSD são significativamente melhores que os HDD em termos de desempenho. O seu maior problema acaba por ser o preço, mas este tem vindo a descer gradualmente ao longo do tempo.

Por enquanto, um HDD continua a ser a melhor forma de guardar dados e ficheiros que ocupem muito espaço, mas que não estejam dependentes da velocidade de acesso. Para backups e armazenamento no geral, um HDD é uma excelente escolha, e não nos parece que se tornem obsoletos em breve — pelo menos não enquanto forem muito mais baratos do que um SSD do mesmo tamanho.

Podes conhecer as nossas opções de armazenamento aqui.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comments
Inline Feedbacks
View all comments

Related Posts